Todos sabemos que as redes sociais fazem parte da rotina de praticamente qualquer pessoa. Por isso, compreender as métricas de redes sociais para avaliar a performance do seu negócio, é fundamental.

Também sabemos que existe uma variedade enorme de redes sociais e que cada uma delas exige um tipo de conteúdo e uma maneira certa de se comunicar.

As mídias sociais são uma das melhores formas de divulgação de conteúdo. Por isso, quando integradas com estratégias de marketing, são ainda mais eficazes.

Mas de nada adianta publicar conteúdos semanais, mensais ou diários, sem uma estratégia ou base em dados.

Dados e estratégias garantem que suas ações estão realmente funcionando. Sem isso, pode ser que você esteja perdendo tempo e dinheiro.

É exatamente para isso que servem as métricas de redes sociais.

Métricas são uma forma de analisar e mensurar o desempenho das suas redes sociais, com base em informações das suas publicações, seguidores/fãs, etc.

Segundo o Social Media Trends 2019, 75,6% das empresas afirmam analisar os resultados nas redes sociais. Apenas 6,1% não acompanham métricas.

Como já falamos, cada rede social funciona de uma maneira diferente, e isso vale também para as métricas e análise delas. Desse modo, cada rede já possui uma ferramenta de análise específica: Facebook Insights, Instagram Analytics, por exemplo.

As ferramentas de métricas das próprias redes sociais já trazem muitas informações prontas, o que ajuda na tomada de decisão.

A gente sabe que esse assunto pode parecer complexo, e que provavelmente vai exigir um pouco de estudo para ser executado da melhor forma.

Mas para resumir a coisa toda e te ajudar a melhorar o desempenho das suas publicações (consequentemente a imagem da sua empresa), vamos falar um pouco sobre as principais métricas que você deve ficar de olho. ↓↓

Ainda assim, nesse post blog vamos focar nas redes sociais que mais utilizamos aqui na Agro: o Facebook e o Instagram.

“As principais métricas acompanhadas são engajamento (75,5%) e alcance (72,4%)” (Social Media Trends 2019)

8 métricas de redes sociais para avaliar:

1. PÚBLICO

Conhecer e entender quem é o público com que você está comunicando é o primeiro passo para qualquer ação. Então, se tratando de métricas de redes sociais, não seria diferente.

Toda e qualquer rede social apresenta dados sobre o perfil dos seguidores/fãs. Através deles é possível saber se a maior parte dessas pessoas que te acompanham são homens ou mulheres, sua faixa etária, sua localização, etc. E com isso, criar conteúdos focados nos interesses desse público.

2. ATIVIDADES E HORÁRIOS

Além do perfil, outras informações que ajudam na estratégia de redes sociais são datas e horários. Com esse dado, pode-se saber quando o maior número dos seus seguidores está conectado.

Por exemplo: o melhor horário da semana para compartilhar um post blog é na sexta-feira entre 18h e 19h; e o melhor horário para publicar posts comemorativos é as 10h da manhã.

Essas informações de horários a própria rede social já disponibiliza na plataforma.

3. ALCANCE

O alcance consiste no número de telas em que sua publicação foi exibida no feed. Ou seja, a quantidade de usuários que foram atingidos por alguma postagem da sua página.

Essa métrica, bem como a maioria delas, precisa ser analisada tanto em dados orgânicos (não pagos) quanto pagos (promovidos).

O alcance não diz muita coisa se analisado individualmente, portanto, é importante apoiá-lo às demais métricas.

4. ENGAJAMENTO

Consiste no envolvimento que uma publicação teve. Isso inclui principalmente os comentários, compartilhamentos, curtidas, cliques no link, respostas em stories, entre outros.

O engajamento pode ser comparado com o Alcance. Já que, se o número de envolvimentos for muito menor que o Alcance, pode significar que a publicação não obteve tanto resultado, pois muitas pessoas visualizaram e poucas se interessaram em compartilhar ou mostrar aquilo à outras. Bem como, quanto maior o engajamento, maior será também o Alcance.

5. CRESCIMENTO DO CANAL

Essa métrica deve ser analisada com cuidado!

O crescimento no número de seguidores é uma métrica importante e deve sim ser considerada. Pode-se comparar o período em que o canal mais cresceu com o tipo de ações feitas durante esse tempo que possam ter influenciado nesse crescimento. Sem dúvidas essas ações que precisam ser repetidas.

Porém, o número de seguidores não é a principal métrica e você não deve apegar-se a ela. Visto que grande parte dessas pessoas pode não estar realmente interessada no seu produto ou serviço. Além disso, o número de seguidores não te ajudará a tomar uma decisão construtiva nas estratégias das suas redes sociais.

Então, tenha cuidado com a importância que você dá a isso. E lembre-se que o crescimento do canal depende de pessoas realmente interessadas e que podem ser futuros clientes.

6. TRÁFEGO

Métrica que vale ouro!

Se você trabalha com Marketing de Conteúdo e possui um site/blog com publicações frequentes e relevantes, o tráfego é uma das principais métricas que você precisa avaliar.
Já que é esse número que irá determinar se as ações das suas redes sociais estão contribuindo para os acessos em seu site/blog. Essa métrica é, basicamente, o volume de usuários que chegaram à determinada página do seu site através de uma publicação em redes sociais.

Desse modo, é o Google Analytics, integrado com seu site, que fornece essa informação.

7. TAXA DE CLIQUES (CTR)

Essa métrica é parecida com a métrica anterior (Tráfego). Isso pois, a taxa de cliques é a porcentagem de vezes que as pessoas viram seu anúncio e deram um clique no link.

Tratando-se de Marketing de Conteúdo, o tráfego deve ser mais considerado que a Taxa de Cliques.

8. TAXA DE REJEIÇÃO

Oh métrica chatinha! 🙁

A taxa de rejeição calcula quantos usuários estão rejeitando seus conteúdos. São informações como: descurtidas, ocultação de anúncios, denúncias como spam, unfollows, etc.

Se tratando de Marketing de Conteúdo, a taxa de rejeição pode ser analisada através do Google Analytics. Ele determina a porcentagem de acessos que seu site recebeu através das redes sociais, mas que não tiveram interação, ou foram fechados em poucos segundos.

BÔNUS: CURTIDAS

Se você acessou esse post imaginando que as curtidas seriam uma das principais métricas a serem avaliadas, sinto muito, mas isso é “mó ideia errada”.

“Curtidas são métricas de vaidade” SIM! Tanto que, um número alto de curtidas nos seus posts não significa que seu desempenho nas redes sociais está bom. Embora possa parecer isso, vale se perguntar: todas essas pessoas realmente se interessam pelo que você está vendendo e são potenciais clientes?

Tenha certeza do resultado!

Investir em redes sociais, como já falamos no início do post, pode ser um desperdício de dinheiro e tempo se não tiver uma estratégia bem elaborada e alguém que saiba monitorar os resultados. Via Alpina